sábado, 30 de maio de 2009

Sarney e os R$ 3.800,00



Sr José Sarney
Não o trato como Exmo. apenas porque tenho "berço". Excelentíssimos somos nós, trabalhadores , e que pagamos por todas as suas mordomias.
Então o senhor não sabia que há mais de um ano, pingava na sua conta corrente R$ 3.800.00 (tres mil e oitocentos reais).
E então passamos a imaginar as tantas quantias que "pingam" na sua conta e que nem dá para controlar, não é Dr Sarney?
Convenhamos, seu arrependimnto não convenceu a ninguém. Foi apenas mais um ato do teatro diário que assistimos por aqui.Vergonhoso até para o teatral, quanto mais para o real.
Que vergonha nós temos de vocês! Roubam a céu aberto dos nossos bolsos, enfiam as mãos em tudo o quanto puderem, enquanto mantiverem seus mandatos. Muitos já além de ricos como o senhor, nem precisariam de merrecas como R$ 3.800,00.
O senhor sabia que um trabalhador honesto precisa bater ponto 365 dias por ano pra ganhar o que o senhor recebe em 30 dias?
Aproveite a lição e ponha ordem no seu Senado, do qual foi feito presidente. Faça com que todos devolvam valores que obtiveram "sem saber", assim como o senhor.
Com todo o respeito pela sua idade, eu confio mais em mim! Resigne-se de uma vez por todas Sr Sarney, sob pena de deixar este mundo como um vilão, um inimigo do povo brasileiro. Total descompustura para um ex-presidente do Brasil! Sinceramente!
Ana Prudente
Empresária/SP

fonte: Ouvidoria da Barra

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Fácil e Difícil - Carlos Drumond de Andrade



Falar é completamente fácil
quando se tem palavras em mente
que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes
o que realmente queremos dizer…

Fácil é julgar pessoas que
estão sendo expostas pelas circunstâncias.

Difícil é encontrar e refletir sobre os seus erros...

Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém e
dizer o que ela deseja ouvir.

Difícil é ser amigo para todas horas
e dizer sempre a verdade quando for preciso…

Fácil é analisar a situação alheia
e poder aconselhar sobre ela.

Difícil é vivenciar essa situação e saber o que fazer.

Fácil é demonstrar raiva e impaciência
quando algo lhe deixa irritado.

Difícil é expressar o seu amor a alguém
que realmente te conhece…

Fácil é viver sem ter que se preocupar
com o amanhã.

Difícil é questionar e tentar melhorar
suas atitudes impulsivas e às vezes impetuosas,
a cada dia que passa…

Fácil é mentir aos quatro ventos
o que tentamos camuflar.

Difícil é mentir para o nosso coração…

Fácil é ver o que queremos enxergar.
Difícil é saber que nos iludimos
com o que achávamos ter visto…

Fácil é brincar como um tolo.
Difícil é ter que ser sério…

Fácil é dizer “oi”, ou “como vai ?”.
Difícil é dizer “adeus”...

Fácil é abraçar, apertar a mão.
Difícil é sentir a energia que é transmitida…

Fácil é querer ser amado.
Difícil é amar completamente só…

Fácil é ouvir a música que toca.
Difícil é ouvir a sua consciência…

Fácil é perguntar o que deseja saber.
Difícil é estar preparado para escutar esta resposta…

Fácil é querer ser o que quiser.
Difícil é ter certeza do que realmente és…

Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.
Difícil é sorrir com vontade de chorar (ou vice-versa)…

Fácil é beijar.
Difícil é entregar a alma…

Fácil é ocupar um lugar na caderneta telefônica.
Difícil é ocupar o coração de alguém…

Fácil é ferir quem nos ama.
Difícil é tentar curar esta ferida…

Fácil é ditar regras.
Difícil é seguí-las…

Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho…

Fácil é exibir sua vitória a todos.
Difícil é assumir a sua derrota com dignidade…

Fácil é admirar uma lua cheia.
Difícil é enxergar sua outra face…

Fácil é viver o presente.
Difícil é se desvencilhar do passado…

Fácil é saber que está rodeado por pessoas queridas.
Difícil é saber que está se sentindo só no meio delas…

Fácil é tropeçar em uma pedra.
Difícil é levantar de uma queda, todo machucado…

Fácil é desfrutar a vida a cada dia.
Difícil é dar o verdadeiro valor a ela…

Fácil é rezar todas as noites.
Difícil é encontrar Deus nas pequenas coisas…
Fonte: Extravaza

Definitivo Carlos Drumond de Andrade



Definitivo

Definitivo, como tudo o que é simples.
Nossa dor não advém das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.

Sofremos por quê?

Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos, por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos. Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.

Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um amigo, para nadar, para namorar.

Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas angústias se ela estivesse interessada em nos compreender.

Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada.
Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam, todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar.

Por que sofremos tanto por amor?
O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez companhia por um tempo razoável,um tempo feliz.

Como aliviar a dor do que não foi vivido?
A resposta é simples como um verso:

Se iludindo menos e vivendo mais!!!
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento,perdemos também a felicidade.

A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional...

Carlos Drumond de Andrade

Não Reeleja Ninguém

Anistia Internacional e os Direitos Humanos 2009

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Working Hard for your child !!!

A PROFESSORA PEDIU PARA OS ALUNOS DESENHAREM A ATIVIDADE PROFISSIONAL DA MÃE!

VEJA O DESENHO E LEIA O TEXTO ABAIXO.


Prezada Professora Jones,
Eu gostaria de deixar bem claro que eu não sou, nem nunca fui, uma "dançarina erótica".
Eu trabalho numa loja de ferramentas e contei a minha filha o tanto que a última semana foi tumultuada, antes da nevasca. Nós vendemos todas as pás de neve que tínhamos. Todas, menos uma, que estava escondida no depósito e que foi alvo de disputa entre os clientes.
Portanto, o desenho que minha filha fez não me mostra dançando em torno de um poste. Ela me mostra vendendo a última pá de neve que tínhamos na loja.
De agora em diante, eu me lembrarei de verificar a lição de casa dela mais cuidadosamente antes da entrega.
Atenciosamente,
Mrs. Smith

terça-feira, 26 de maio de 2009

A Mulher ALHO !!!

Depois da Mulher Moranguinho, Mulher Melância, Mulher Jaca, Mulher Maça, apresentamos:

A Mulher ALHO !!!

sexta-feira, 22 de maio de 2009

Zuenir Ventura nas Raves

Stand Up Surf Hawaian Style


Photos by Bruno Lemos : lemosimages.com

O surfista brasileiro Marcelo Barbosa "Coverdale" radicado no Hawaii, enviou fotos de um final de tarde em V-land, North Shore - Oahu Hawaii, Marcelo que atualmente ensina os gringos na arte de surfar em Waikiki, na Escola do Legend Clyde Aikau. Aloha !

Trentemoller Live in Concert EP

Trentemoller
Live in Concert EP
Live at Roskilde 2007
Label: Poker Flat
320 Kbps / Full Stereo

1. Trentemoller - Take Me into Your Skin (Live at Roskilde 2007)
2. Trentemoller - Snowflake (Live at Roskilde 2007)
3. Trentemoller - Into the Trees (Live at Roskilde 2007)
4. Trentemoller - Miss You (Live at Roskilde 2007)


terça-feira, 19 de maio de 2009

Botafogo homenageia Nilton Santos

Direito de contestar a paternidade não prescreve



A ação negatória de paternidade é imprescritível, ou seja, pode ser proposta a qualquer tempo. Esse é o entendimento da 4ª Turma do Superior Tribunal de Justiça. Esse tipo de ação tem o objetivo de reverter a paternidade reconhecida voluntariamente pelo autor.

Segundo os autos, o filho nasceu durante o período em que sua mãe era casada com um homem, que suspeitou não ser pai da criança. Apesar disso, decidiu registrá-lo. Pouco tempo depois do nascimento da criança, a mãe abandonou a casa onde o casal morava para viver com um amante.

O filho, autor do recurso, pedia reforma da decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo, que reconhecera o direito de seu pai contestar a paternidade, a qualquer tempo, por meio da ação negatória. No recurso, ele alegou que a decisão do TJ-SP violou o artigo 178, parágrafo 2º, do Código Civil de 1916, que dispõe que o prazo para o pai contestar a legimitidade do filho é de dois meses contados a partir do nascimento da criança. A defesa ainda argumentou que a regra prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente (artigo 27) garante a imprescritibilidade da ação investigatória de paternidade, com o intuito de proteger o direito de menores saber quem são seus pais.

O relator do recurso no STJ, ministro Aldir Passarinho, recordou que o tribunal fixou a compreensão de que a ação negatória de paternidade, a exemplo da investigatória, não está mais sujeita à prescrição. No entendimento do ministro e dos demais integrantes da 4ª Turma, o pai pode, sem prazo limite, contestar a paternidade de um filho.

Mencionando vários precedentes do STJ, o relator também ressaltou, no voto proferido no julgamento, que o direito de investigar o estado de filiação está hoje expresso no artigo 1.601 do novo Código Civil. informações da assessoria de imprensa do Superior Tribunal de Justiça.

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Gui Boratto Take My Breath Away (Incl John Tejada Remix)



Artist: Gui Boratto
Title: Take My Breath Away (Incl John Tejada Remix)
Genre: Techno
Label: Kompakt
Catnr : KOM192
Source: WEB
Quality: 320kbps avg / 44.1KHz / Full Stereo
Duration .... : 00:15:08 (35.3MB)
Ripdate ..... : 12-05-2009
Store: http://www.beatport.com

1. Take My Breath Away (Original Mix) 6:44
2. Take My Breath Away (John Tejada Remix) 8:24


quinta-feira, 14 de maio de 2009

Suzana Vieira e o Photoshop


Piada da semana a fraude da Suzana Vieira, por isso ela só transa de luz apagada, senão as crianças que ela dá uns pegas saem correndo !!!! rsrsrsrss.

domingo, 10 de maio de 2009

Vergonha na Cara



Nos ares, às custas do povo

Le Monde
Jean-Pierre Langellier
Os parlamentares brasileiros passam muito tempo nos ares. É uma necessidade geográfica. Em um país 16 vezes maior que a França, eles voam com frequência entre Brasília e seus Estados.

Mas há viagens e viagens, assim como há dever e prazer. O que os deputados e senadores adoram, acima de tudo, são as longas excursões, de preferência para a Europa ou os Estados Unidos.

Ao chamar a atenção há algumas semanas para o gosto pronunciado dos eleitos do povo pelos passeios distantes, um site da internet desencadeou um escândalo que está demorando para passar. Por uma razão muito simples: esses agradáveis périplos foram conseguidos graças a dinheiro público.

Vamos aos detalhes. Em 22 meses - de janeiro de 2007 a outubro de 2008 - , 1.881 bilhetes internacionais foram emitidos para 261 dos 513 deputados. Destinos favoritos: Miami, Paris, Nova York, Londres, Madri, Buenos Aires e Bariloche, famosa estação de esqui argentina. O próprio presidente da Câmara, Michel Temer, foi para a França com sua esposa às custas do contribuinte.

Ao desfrutarem dos prazeres do turismo longe de seu país, bancados pelo contribuinte brasileiro, os parlamentares não estão fazendo nada de ilegal, e é exatamente esse o cerne do escândalo. Todo deputado ou senador dispõe de uma soma, para suas passagens de avião, que pode chegar a US$ 8 mil (por mês), utilizando-a da forma que bem entender. Custo anual para o Congresso: US$ 35 milhões.

Por não conseguirem ou não quererem eles mesmos gastar suas cotas, que é cumulativa, os parlamentares logo se viram diante de um estoque de passagens, que eles generosamente deram, sem violar nenhuma lei, a cônjuges, parentes, filhos, amigos e amantes.

O caso ganhou nova dimensão quando um jovem deputado, frequentador de colunas sociais, admitiu ter "convidado" para Miami e para o carnaval de Natal sua namorada na época e ex-companheira do falecido piloto de F1 Ayrton Senna, a apresentadora de televisão Adriane Galisteu, juntamente com a mãe dela, e de outras modelos. Outros se superaram. O mais generoso financiou 40 viagens com sua cota. O mais social distribuiu 77 bilhetes aos jogadores do clube de futebol Ceará Sporting, do qual ele era presidente. A viúva de um senador obteve US$ 50 mil, soma equivalente ao valor dos bilhetes não utilizados pelo seu marido falecido. Fernando Gabeira (Subversivo Zona Sul), um conhecido deputado que costuma professar a virtude, e que quase foi eleito prefeito do Rio em outubro de 2008, reconheceu ter presenteado sua filha com uma viagem para o Havaí.

As benesses do Estado para com os políticos alimentaram ocasionalmente um verdadeiro mercado paralelo em algumas agências de viagem de Brasília. As próprias autoridades legislativas confessaram que 18 deputados são suspeitos de terem revendido suas cotas de bilhetes para profissionais do turismo, uma prática obviamente ilegal.

Longe de demonstrar arrependimento, a maioria dos parlamentares acredita ter somente se beneficiado de um sistema benevolente, em vigor há 40 anos. Os deputados de base, que no Brasil são chamados de "baixo clero", invocam para sua defesa, com uma esplêndida má fé, argumentos irrefutáveis, como a garantia da paz conjugal.

Um diz: "Sou de Pernambuco. Vocês querem que minha mulher fique lá quando estou em Brasília. Vocês querem nos separar!" Um outro acrescenta: "A família é sagrada. Devemos comemorar os aniversários juntos". Um terceiro ainda diz: "Daqui a pouco vão querer que eu ande de jegue, more em casa de palafita e mande mensagem por pombo-correio" . Na verdade, os políticos acumulam privilégios. Além de um salário respeitável (? 5 mil por 15 meses para dois dias e meio de presença por semana), todas suas despesas são pagas pelo Congresso: moradia, alimentação, secretários, veículos com motorista, plano de saúde. Basta ter sido senador por seis meses para receber cuidados médicos gratuitos pelo resto da vida. Segundo um cálculo da revista "Época", um parlamentar ganha por ano no Brasil o equivalente a 523 salários mínimos, contra "somente" 112 de um congressista americano.

Em um país onde quatro em cada cinco habitantes nunca puseram os pés em um avião, a "farra das passagens", como a imprensa a chamou, é um caso exemplar das relações entre política e ética. Ela lembra que a confusão entre bem público e interesses privados e seus corolários - a corrupção, o nepotismo, o clientelismo - permanecem ancorados na cultura nacional. A ausência de transparência e a fragilidade dos controles permitem aos homens públicos que eles mantenham seus privilégios de casta. Nesse caso, o Parlamento reduziu em 20% as cotas de avião e as reservou agora aos parlamentares e a seus cônjuges e descendentes.

O mais surpreendente neste caso é a complacência em relação aos políticos manifestada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele perdeu a chance de lembrar a classe política de seus deveres morais, ao julgar que "não é um crime" um deputado "dar passagens de avião". E ele repreendeu os jornalistas "por apresentarem como uma novidade algo mais antigo que a descoberta do Brasil".

Tradução: Lana Lim

Brasil País do Futuro? Veja as falcatruas e delitos

Uma progressão do aprendizado, DELITIVO, no eterno "País do Futuro..."

Decepções....

ACERVO HISTÓRICO

Para você relembrar, se viveu, ou para conhecer um pouco da história recente do Brasil.

(GUARDAR PARA LEMBRAR NAS URNAS em 2010)
  1. Caso Wladimir Herzog
  2. Caso Manuel File Filho
  3. Caso Lutfala
  4. Caso Atalla
  5. Ângelo Calmon de Sá (ministro acusado de passar um gigantesco cheque Sem fundos)
  6. Lei Falcão (1976)
  7. Pacote de Abril (1977)
  8. Grandes Mordomias dos Ministros

Governo João Figueiredo (1979- 1985)

Governo Sarney ( 1985- 1990)

  1. CPI DA Corrupção
  2. Escândalo do Ministério das Comunicações (Grande número de concessões de rádios e TVs para políticos aliados ou não Ao Sarney. A concessão é em troca de cargos, votos ou apoio Ao presidente)
  3. Caso Chiarelli (Dossiê do Antônio Carlos Magalhães contra o senador Carlos Chiarelli ou 'Dossiê Chiarelli')
  4. Caso Imbraim Abi-Ackel
  5. Escândalo da Administração de Orestes Quécia
  6. Escândalo do Contrabando das Pedras Preciosas

Governo Fernando Collor (1990- 1992)

  1. Escândalo da Aprovação da Lei da Privatização das Estatais
  2. Programa Nacional de Desestatização
  3. Escândalo do INSS (ou Escândalo da Previdência Social)
  4. Escândalo do BCCI (ou caso Sérgio Corrêa da Costa)
  5. Escândalo da Ceme (Central de Medicamentos)
  6. Escândalo da LBA
  7. Esquema PP
  8. Esquema PC (Caso Collor)
  9. Escândalo da Eletronorte
  10. Escândalo do FGTS
  11. Escândalo da Ação Social
  12. Escândalo do BC
  13. Escândalo da Merenda
  14. Escândalo das Estatais
  15. Escândalo das Comunicações
  16. Escândalo da Vasp
  17. Escândalo do Fundo de Participação
  18. Escândalo do BB

Governo Itamar Franco ( 1992- 1995)

  1. Centro Federal de Inteligência (Criação da CFI para combater corrupção em todas as esferas do governo)
  2. Caso Edmundo Pinto
  3. Escândalo do DNOCS (Departamento Nacional de Obras contra a Seca) (ou caso Inocêncio Oliveira )
  4. Escândalo da IBF ( Indústria Brasileira de Formulários)
  5. Escândalo do INAMPS ( Instituto Nacional de Assistência Previdência Social)
  6. Irregularidades no Programa Nacional de Desestatização
  7. Caso Nilo Coelho
  8. Caso Eliseu Resende
  9. Caso Queiroz Galvão (em Pernambuco)
  10. Escândalo da Telemig (Minas Gerais)
  11. Jogo do Bicho (ou Caso Castor de Andrade) (no Rio de Janeiro)
  12. Caso Ney Maranhão
  13. Escândalo do Paubrasil (Paubrasil Engenharia e Montagens)
  14. Escândalo da Administração de Roberto Requião
  15. Escândalo da Cruz Vermelha Brasileira
  16. Caso José Carlos da Rocha Lima
  17. Escândalo da Colac (no Rio Grande do Sul)
  18. Escândalo da Fundação Padre Francisco de Assis Castro Monteiro (em Ibicuitinga, Ceará)
  19. Escândalo da Administração de Antônio Carlos Magalhães (Bahia)
  20. Escândalo da Administração de Jaime Campos (Mato Grosso)
  21. Escândalo da Administração de Roberto Requião (Paraná)
  22. Escândalo da Administração de Ottomar Pinto (em Roraima)
  23. Escândalo da Sudene de Pernambuco
  24. Escândalo da Prefeitura de Natal (no Rio Grande do Norte)
  25. CPI do Detran (em Santa Catarina)
  26. Caso Restaurante Gulliver (tentativa do governador Ronaldo Cunha Lima matar o governador antecessor Tarcísio Burity, por causa das denúncias de Irregularidades naSudene de Paraíba)
  27. CPI do Pó (em Paraíba)
  28. Escândalo da Estacom (em Tocantins)
  29. Escândalo do Orçamento da União (ou Escândalo dos Anões do Orçamento ou CPI do Orçamento)
  30. Compra e Venda dos Mandatos dos Deputados do PSD
  31. Caso Ricupero (também conhecido como 'Escândalo das Parabólicas').

Governo Fernando Henrique (1995- 2003)

  1. Escândalo do Sivam
  2. Escândalo da Pasta Rosa
  3. Escândalo da CONAN
  4. Escândalo da Administração de Paulo Maluf
  5. Escândalo do BNDES (verbas para socorrerem ex-estatais privatizadas)
  6. Escândalo da Telebrás
  7. Caso PC Farias
  8. Escândalo da Compra de Votos Para Emenda DA Reeleição
  9. Escândalo da Venda da Companhia Vale do Rio Doce (CVRD)
  10. Escândalo da Previdência
  11. Escândalo da Administração do PT (primeira denúncia contra o Partido dos Trabalhadores desde a fundação em 1980, feito pelo militante do partido Paulo de Tarso Venceslau)
  12. Escândalo dos Precatórios
  13. Escândalo do Banestado
  14. Escândalo da Encol
  15. Escândalo da Mesbla
  16. Escândalo do Banespa
  17. Escândalo da Desvalorização do Real
  18. Escândalo dos Fiscais de São Paulo (ou Máfia dos Fiscais)
  19. Escândalo do Mappin
  20. Dossiê Cayman (ou Escândalo do Dossiê Cayman ou Escândalo do Dossiê Caribe)
  21. Escândalo dos Grampos Contra FHC e Aliados
  22. Escândalo do Judiciário
  23. Escândalo dos Bancos
  24. CPI do Narcotráfico
  25. CPI do Crime Organizado
  26. Escândalo de Corrupção dos Ministros no Governo FHC
  27. Escândalo da Banda Podre
  28. Escândalo dos Medicamentos
  29. Quebra do Monopólio do Petróleo (criação DA ANP)
  30. Escândalo da Transbrasil
  31. Escândalo da Pane DDD do Sistema Telefônico Privatizado (o 'Caladão')
  32. Escândalo dos Desvios de Verbas do TRT-SP (Caso Nicolau dos Santos Neto , o 'Lalau')
  33. Escândalo da Administração da Roseana Sarney (Maranhão)
  34. Corrupção na Prefeitura de São Paulo (ou Caso Celso Pitta)
  35. Escândalo da Sudam
  36. Escândalo da Sudene
  37. Escândalo do Banpará
  38. Escândalo da Quebra do Sigilo do Painel do Senado
  39. Escândalos no Senado em 2001
  40. Escândalo da Administração de Mão Santa (Piauí)
  41. Caso Lunus (ou Caso Roseana Sarney)
  42. Acidentes Ambientais da Petrobrás
  43. Abuso de Medidas Provisórias (5.491)
  44. Escândalo do Abafamento das CPIs no Governo do FHC

e agora...

Uma pequena AMOSTRA do Governo Lula

CALMA... Vai ter muito mais!!!

  1. Caso Pinheiro Landim
  2. Caso Celso Daniel
  3. Caso Toninho do PT
  4. Escândalo dos Grampos Contra Políticos da Bahia
  5. Escândalo do Proprinoduto (também conhecido como Caso Rodrigo Silveirinha )
  6. CPI do Banestado
  7. Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MST
  8. Escândalo da Suposta Ligação do PT com a FARC
  9. Privatização das Estatais no Primeiro Ano do Governo Lula
  10. Escândalo dos Gastos Públicos dos Ministros
  11. Irregularidades do Fome Zero
  12. Escândalo do DNIT (envolvendo os ministros Anderson Adauto e Sérgio Pimentel)
  13. Escândalo do Ministério do Trabalho
  14. Licitação Para a Compra de Gêneros Básicos
  15. Caso Agnelo Queiroz (O ministro recebeu diárias do COB para os Jogos Panamericanos)
  16. Escândalo do Ministério dos Esportes (Uso da estrutura do ministério para organizar a festa de aniversário do ministro Agnelo Queizoz)
  17. Operação Anaconda
  18. Escândalo dos Gafanhotos (ou Máfia dos Gafanhotos)
  19. Caso José Eduardo Dutra
  20. Escândalo dos Frangos (em Roraima)
  21. Várias Aberturas de Licitações da Presidência da República Para a Compra de Artigos de Luxo
  22. Escândalo da Norospar (Associação Beneficente de Saúde do Noroeste do Paraná)
  23. Expulsão dos Políticos do PT
  24. Escândalo dos Bingos (Primeira grave crise política do governo Lula) (ou Caso Waldomiro Diniz)
  25. Lei de Responsabilidade Fiscal (Recuos do governo federal da LRF)
  26. Escândalo da ONG Ágora
  27. Escândalo dos Corpos (Licitação do Governo Federal para a compra de 750 copos de cristal para vinho, champagne, licor e whisky)
  28. Caso Henrique Meirelles
  29. Caso Luiz Augusto Candiota (Diretor de Política Monetária do BC, é acusado de movimentar as contas no exterior e demitido por não explicar a movimentação)
  30. Caso Cássio Caseb
  31. Caso Kroll
  32. Conselho Federal de Jornalismo
  33. Escândalo dos Vampiros
  34. Escândalo das Fotos de Herzog
  35. Uso dos Ministros dos Assessores em Campanha Eleitoral de 2004
  36. Escândalo do PTB (Oferecimento do PT para ter apoio do PTB em troca de cargos, material de campanha e R$ 150 mil reais a cada deputado)
  37. Caso Antônio Celso Cipriani
  38. Irregularidades na Bolsa-Escola
  39. Caso Flamarion Portela
  40. Irregularidades na Bolsa-Família
  41. Escândalo de Cartões de Crédito Corporativos da Presidência
  42. Irregularidades do Programa Restaurante Popular (Projeto de restaurantes populares beneficia prefeituras administradas pelo PT)
  43. Abuso de Medidas Provisórias no Governo Lula entre 2003 e 2004 (mais de 300)
  44. Escândalo dos Correios (Segunda grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Maurício Marinho)
  45. Escândalo do IRB
  46. Escândalo da Novadata
  47. Escândalo da Usina de Itaipu
  48. Escândalo das Furnas
  49. Escândalo do Mensalão (Terceira grave crise política do governo. Também conhecido como Mensalão)
  50. Escândalo do Leão & Leão (República de Ribeirão Preto ou Máfia do Lixo ou Caso Leão & Leão)
  51. Escândalo da Secom
  52. Esquema de Corrupção no Diretório Nacional do PT
  53. Escândalo do Brasil Telecom (também conhecido como Escândalo do Portugal Telecom ou Escândalo da Itália Telecom)
  54. Escândalo da CPEM
  55. Escândalo da SEBRAE (ou Caso Paulo Okamotto)
  56. Caso Marka/FonteCindam
  57. Escândalo dos Dólares na Cueca
  58. Escândalo do Banco Santos
  59. Escândalo Daniel Dantas - Grupo Opportunity (ou Caso Daniel Dantas)
  60. Escândalo da Interbrazil
  61. Caso Toninho da Barcelona
  62. Escândalo da Gamecorp-Telemar (ou Caso Lulinha)
  63. Caso dos Dólares de Cuba
  64. Doação de Roupas da Lu Alckmin
  65. Doação de Terninhos de Marísa da Silva
  66. Escândalo da Nossa Caixa
  67. Escândalo da Quebra do Sigilo Bancário do Caseiro Francenildo (Quarta grave crise política do governo Lula. Também conhecido como Caso Francenildo Santos Costa)
  68. Escândalo das Cartilhas do PT
  69. Escândalo do Banco BMG (Empréstimos para aposentados)
  70. Escândalo do Proer
  71. Escândalo dos Fundos de Pensão
  72. Escândalo dos Grampos na Abin
  73. Escândalo do Foro de São Paulo
  74. Esquema do Plano Safra Legal (Máfia dos Cupins)
  75. Escândalo do Mensalinho
  76. Escândalo das Vendas de Madeira da Amazônia (ou Escândalo Ministério do Meio Ambiente).
  77. 69 CPIs Abafadas pelo Geraldo Alckmin (em São Paulo)
  78. Escândalo de Corrupção dos Ministros no Governo Lula
  79. Crise da Varig
  80. Escândalo das Sanguessugas (Quinta grave crise política do governo Lula. Inicialmente conhecida como Operação Sanguessuga e Escândalo das Ambulâncias)
  81. Escândalo dos Gastos de Combustíveis dos Deputados
  82. CPI da Imigração Ilegal
  83. CPI do Tráfico de Armas
  84. Escândalo da Suposta Ligação do PT com o PCC
  85. Escândalo da Suposta Ligação do PT com o MLST
  86. Operação Confraria
  87. Operação Dominó
  88. Operação Saúva
  89. Escândalo do Vazamento de Informações da Operação Mão-de-Obra
  90. Escândalo dos Funcionários Federais Empregados que não Trabalhavam
  91. Mensalinho nas Prefeituras do Estado de São Paulo
  92. Escândalo dos Grampos no TSE
  93. Escândalo do Dossiê (Sexta grave crise política do governo Lula)
  94. ONG Unitrabalho
  95. Escândalo da Renascer em Cristo
  96. CPI das ONGs
  97. Operação Testamento
  98. CPI do Apagão Aéreo ( Câmara dos Deputados)
99. Operação Hurricane (também conhecida Operação Furacão )
100. Operação Navalha
101. Operação Xeque-Mate
102. Escândalo da Venda da Varig
Lista de políticos com ficha criminal - DIVULGUEM
Essa é para guardar.. E distribuir ao máximo!

EM QUEM NÃO VOTAR

Você pode classificar por nome, cargo, partido e acusação.
ID NOME CARGO PARTIDO ACUSAÇÃO OU CRIME A QUE RESPONDE


1- ABELARDO LUPION Deputado PFL-PR Sonegação Fiscal
2 -ADEMIR PRATES Deputado PDT-MG Falsidade Ideológica
3 -AELTON FREITAS Senador PL-MG Crime de Responsabilidade e Estelionato
4 -AIRTON ROVEDA Deputado PPS-PR Peculato
5 -ALBÉRICO FILHO Deputado PMDB-MA Apropriação Indébita
6 -ALCESTE ALMEIDA Deputado PTB-RR Peculato e Formação de Quadrilha, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
7 -ALEX CANZIANI Deputado PTB-PR Peculato
8 -ALMEIDA DE JESUS Deputado PL-CE Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
9 -ALMIR MOURA Deputado PFL-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
10 -AMAURI GASQUES Deputado PL-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
11 -ANDRÉ ZACHAROW Deputado PMDB-PR Improbidade Administrativa
12 -ANÍBAL GOMES Deputado PMDB-CE Improbidade Administrativa
13 -ANTERO PAES DE BARROS Senador PSDB-MT Improbidade Administrativa e Formação de Quadrilha
14 -ANTÔNIO CARLOS PANNUNZIO Deputado PSDB-SP Crime de Responsabilidade
15- ANTÔNIO JOAQUIM Deputado PSDB-MA Improbidade Administrativa
16 -BENEDITO DE LIRA Deputado PP-AL Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
17- BENEDITO DIAS Deputado PP-AP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
18 -BENJAMIN MARANHÃO Deputado PMDB-PB Crime Eleitoral
19 -BISPO WANDERVAL Deputado PL-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
20 -CABO JÚLIO (JÚLIO CÉSAR GOMES DOS SANTOS) Deputado PMDB-MG Crime Militar, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
21 -CARLOS ALBERTO LERÉIA Deputado PSDB-GO Lesão Corporal
22 -CELSO RUSSOMANNO Deputado PP-SP Crime Eleitoral, Peculato e Agressão
23 -CHICO DA PRINCESA (FRANCISCO OCTÁVIO BECKERT) Deputado PL-PR Crime Eleitoral
24 -CIRO NOGUEIRA Deputado PP-PI Crime Contra a Ordem Tributária e Prevaricação
25 -CLEONÂNCIO FONSECA Deputado PP-SE Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
26- CLÓVIS FECURY Deputado PFL-MA Crime Contra a Ordem Tributária
27 -CORIALANO SALES Deputado PFL-BA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
28 -DARCÍSIO PERONDI Deputado PMDB-RS Improbidade Administrativa
29 -DAVI ALCOLUMBRE Deputado PFL-AP Corrupção Ativa
30- DILCEU SPERAFICO Deputado PP-PR Apropriação Indébita
31 -DOUTOR HELENO Deputado PSC-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
32 -EDSON ANDRINO Deputado PMDB-SC Crime de Responsabilidade
33 -EDUARDO AZEREDO Senador PSDB-MG Improbidade Administrativa
34 -EDUARDO GOMES Deputado PSDB-TO Crime Eleitoral, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
35 -EDUARDO SEABRA Deputado PTB-AP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
36 -ELIMAR MÁXIMO DAMASCENO Deputado PRONA-SP Falsidade Ideológica
37 -EDIR DE OLIVEIRA Deputado PTB-RS Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
38- EDNA MACEDO Deputado PTB-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
39- ELAINE COSTA Deputada PTB-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
40 -ELISEU PADILHA Deputado PMDB-RS Corrupção Passiva
41- ENIVALDO RIBEIRO Deputado PP-PB Crime Contra a Ordem Tributária, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
42 -ÉRICO RIBEIRO Deputado PP-RS Crime Contra a Ordem Tributária e Apropriação Indébita
43 -FERNANDO ESTIMA Deputado PPS-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
44 -FERNANDO GONÇALVES Deputado PTB-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
45 -GARIBALDI ALVES Senador PMDB-RN Crime Eleitoral
46 -GIACOBO (FERNANDO LUCIO GIACOBO) Deputado PL-PR Crime Contra a Ordem Tributária e Seqüestro
47 -GONZAGA PATRIOTA Deputado PSDB-PE Apropriação Indébita
48 -GUILHERME MENEZES Deputado PT-BA Improbidade Administrativa
49 -INALDO LEITÃO Deputado PL-PB Crime Contra o Patrimônio, Declaração Falsa de Imposto de Renda
50 -INOCÊNCIO DE OLIVEIRA Deputado PMDB-PE Crime de Escravidão
51- IRAPUAN TEIXEIRA Deputado PP-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
52 -IRIS SIMÕES Deputado PTB-PR Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
53- ITAMAR SERPA Deputado PSDB-RJ Crime Contra o Consumidor, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
54 -ISAÍAS SILVESTRE Deputado PSB-MG Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
55 -JACKSON BARRETO Deputado PTB-SE Peculato e Improbidade Administrativa
56 -JADER BARBALHO Deputado PMDB-PA Improbidade Administrativa, Peculato, Crime Contra o Sistema Financeiro e Lavagem de Dinheiro
57- JAIME MARTINS Deputado PL-MG Crime Eleitoral
58 -JEFERSON CAMPOS Deputado PTB-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
59- JOÃO BATISTA Deputado PP-SP Falsidade Ideológica, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
60 -JOÃO CALDAS Deputado PL-AL Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
61 -JOÃO CORREIA Deputado PMDB-AC Declaração Falsa de Imposto de Renda, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
62 -JOÃO HERRMANN NETO Deputado PDT-SP Apropriação Indébita
63 -JOÃO MAGNO Deputado PT-MG Lavagem de Dinheiro
64 -JOÃO MENDES DE JESUS Deputado PSB-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
65 -JOÃO PAULO CUNHA Deputado PT-SP Corrupção Passiva, Lavagem de Dinheiro e Peculato
66 -JOÃO RIBEIRO Senador PL-TO Peculato e Crime de Escravidão
67 -JORGE PINHEIRO Deputado PL-DF Crime Ambiental
68 -JOSÉ DIVINO Deputado PRB-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
69 -JOSÉ JANENE Deputado PP-PR Estelionato, Improbidade Administrativa, Lavagem de Dinheiro, Corrupção Passiva, Formação de Quadrilha, Apropriação Indébita e Crime Eleitoral
70 -JOSÉ LINHARES Deputado PP-CE Improbidade Administrativa
71 -JOSÉ MENTOR Deputado PT-SP Corrupção Passiva
72 -JOSÉ MILITÃO Deputado PTB-MG Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
73 -JOSÉ PRIANTE Deputado PMDB-PA Crime Contra o Sistema Financeiro
74 -JOVAIR ARANTES Deputado PTB-GO Improbidade Administrativa
75 -JOVINO CÂNDIDO Deputado PV-SP Improbidade Administrativa
76 -JÚLIO CÉSAR Deputado PFL-PI Peculato, Formação de Quadrilha, Lavagem de Dinheiro e Falsidade Ideológica
77 -JÚLIO LOPES Deputado PP-RJ Falsidade Ideológica
78 -JÚNIOR BETÃO Deputado PL-AC Declaração Falsa de Imposto de Renda, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
79 -JUVÊNCIO DA FONSECA Deputado PSDB-MS Improbidade Administrativa
80 -LAURA CARNEIRO Deputada PFL-RJ Improbidade Administrativa e Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
81 -LEONEL PAVAN Senador PSDB-SC Contratação de Serviços Públicos Sem Licitação e Concussão
82 -LIDEU ARAÚJO Deputado PP-SP Crime Eleitoral
83 -LINO ROSSI Deputado PP-MT Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
84 -LÚCIA VÂNIA Senadora PSDB-GO Peculato
85 -LUIZ ANTÔNIO FLEURY Deputado PTB-SP Improbidade Administrativa
86 -LUPÉRCIO RAMOS Deputado PMDB-AM Crime de Aborto
87 -MÃO SANTA Senador PMDB-PI Improbidade Administrativa
88 -MARCELINO FRAGA Deputado PMDB-ES Crime Eleitoral, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
89 -MARCELO CRIVELA Senador PRB-RJ Crime Contra o Sistema Financeiro e Falsidade Ideológica
90 -MARCELO TEIXEIRA Deputado PSDB-CE Sonegação Fiscal
91 -MÁRCIO REINALDO MOREIRA Deputado PP-MG Crime Ambiental
92 -MARCOS ABRAMO Deputado PP-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
93 -MÁRIO NEGROMONTE Deputado PP-BA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
94 -MAURÍCIO RABELO Deputado PL-TO Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
95 -NÉLIO DIAS Deputado PP-RN Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
96 -NELSON BORNIER Deputado PMDB-RJ Improbidade Administrativa
97 -NEUTON LIMA Deputado PTB-SP Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
98 -NEY SUASSUNA Senador PMDB-PB Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
99 -NILTON CAPIXABA Deputado PTB-RO Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
100 -OSMÂNIO PEREIRA Deputado PTB-MG Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
101 -OSVALDO REIS Deputado PMDB-TO Apropriação Indébita
102 -PASTOR AMARILDO Deputado PSC-TO Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
103 -PAULO AFONSO Deputado PMDB-SC Peculato, Crime Contra o Sistema Financeiro e Improbidade Administrativa
104 -PAULO BALTAZAR Deputado PSB-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
105 -PAULO FEIJÓ Deputado PSDB-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
106 -PAULO JOSÉ GOUVEIA Deputado PL-RS Porte Ilegal de Arma
107 -PAULO LIMA Deputado PMDB-SP Extorsão e Sonegação Fiscal
108 -PAULO MAGALHÃES Deputado PFL-BA Lesão Corporal
109 -PEDRO HENRY Deputado PP-MT Formação de Quadrilha, Lavagem de Dinheiro e Corrupção Passiva, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
110 -PROFESSOR IRAPUAN Deputado PP-SP Crime Eleitoral
111 -PROFESSOR LUIZINHO Deputado PT-SP Lavagem de Dinheiro
112 -RAIMUNDO SANTOS Deputado PL-PA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
113 -REGINALDO GERMANO Deputado PP-BA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
114 -REINALDO BETÃO Deputado PL-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
115 -REINALDO GRIPP Deputado PL-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
116 -REMI TRINTA Deputado PL-MA Estelionato e Crime Ambiental
117 -RIBAMAR ALVES Deputado PSB-MA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
118 -RICARDO BARROS Deputado PP-PR Sonegação Fiscal
119 -RICARTE DE FREITAS Deputado PTB-MT Improbidade Administrativa e Formação de Quadrilha, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
120 -RODOLFO TOURINHO Senador PFL-BA Gestão Fraudulenta de Instituição Financeira
121 -ROMERO JUCÁ Senador PMDB-RR Improbidade Administrativa
122 -ROMEU QUEIROZ Deputado PTB-MG Corrupção Ativa, Corrupção Passiva e Lavagem de Dinheiro
123 -RONALDO DIMAS Deputado PSDB-TO Crime Eleitoral
124 -SANDRO MABEL Deputado PL-GO Crime Contra a Ordem Tributária
125 -SUELY CAMPOS Deputada PP-RR Crime Eleitoral
126 -TATICO (JOSÉ FUSCALDI CESÍLIO) Deputado PTB-DF Crime Contra a Ordem Tributária, Declaração Falsa de Imposto de Renda e Sonegação Fiscal
127 -TETÉ BEZERRA Deputado PMDB-MT Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
128 -THELMA DE OLIVEIRA Deputada PSDB-MT Improbidade Administrativa e Formação de Quadrilha
129 -VADÃO GOMES Deputado PP-SP Improbidade Administrativa e Crime Contra a Ordem Tributária
130 -VALDIR RAUPP Senador PMDB-RO Peculato, Uso de Documento Falso, Crime Contra o Sistema Financeiro, Crime Eleitoral e Gestão Fraudulenta de Instituição Financeira
131 -VALMIR AMARAL Senador PTB-DF Apropriação Indébita
132 -VANDERLEI ASSIS Deputado PP-SP Crime Eleitoral, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
133 -VIEIRA REIS Deputado PRB-RJ Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
134 -VITTORIO MEDIOLI Deputado PV-MG Sonegação Fiscal
135 -WANDERVAL SANTOS Deputada PL-SP Corrupção Passiva
136 -WELLINGTON FAGUNDES Deputada PL-MT Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias) 137 -ZÉ GERARDO Deputado PMDB-CE Crime de Responsabilidade
138 -ZELINDA NOVAES Deputada PFL-BA Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)
139 -Ângela Guadagnin Deputada PT-SP Dançarina do Plenário da Câmara, comemorando absolvição de corrupto
140 -Antônio Palocci Ex-Ministro PT-SP Quebra de Sigilo Bancário
141 -Carlos Rodrigues Ex-Deputado PL-RJ Bispo Rodrigues
142 -Delúbio Soares Tesoureiro PT-GO Ex Tesoureiro do PT
143 -José Dirceu Ex-Deputado PT-SP Mensalão
144 -José Genoíno Ex-Deputado PT-SP Mensalão, Dólares na Cueca
145 -José Nobre Guimarães DeputadoEst. PT-CE Dólares na Cueca (Agora Candidato a Dep. Federal)
146 -Josias Gomes Deputado PT-BA Mensalão, CPI dos Correios
147 -Luiz Gushiken Ex-Ministro PT-SP CPI dos Correios
148 -Paulo Salim Maluf Ex PPB-SP Corrupção, Falcatruas, Improbidade Administrativa, Desvio de Dinheiro Público, Lavagem de dinheiro
149 -Paulo Pimenta Deputado PT-RS Compra de Votos, Mensalão, CPI Correios
150 -Pedro Corrêa Ex-Deputado PP-PE Cassado em associação ao Escândalo do Mensalão, Compra de Votos
151 -Roberto Brant Deputado PFL-MG Crime Eleitoral, Mensalão, CPI Correios
152 -Roberto Jefferson Ex-Deputado PTB-RJ Mensalão
153 -Severino Cavalcanti Ex-Deputado PP-PE Escândalo do Mensalinho (Renuncio para evitar a cassação)
154 -Silvio Pereira SecretárioPT PT Mensalão
155 -Valdemar Costa Neto Exc-Deputado PL-SP Mensalão (renunciou para evitar a cassação)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails