sábado, 15 de dezembro de 2007

Ryan Gracie encontrado morto em cela em S.Paulo

Foto: Divulgação

O lutador de jiu-jítsu e vale tudo Ryan Gracie, de 33 anos, foi encontrado morto em uma cela do 91º Distrito Policial, na Vila Leopoldina, na Zona Oeste, na manhã deste sábado (15). Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), ele estava em uma cela sozinho.


O campeão de vale tudo foi encaminhado para o 91º DP, após ter realizado exame toxicológico no IML central por volta das 2h30. Ele chegou à delegacia da Vila Leopoldina às 3h. Segundo a delegada de plantão do 15º Distrito Policial Daniella Ranna, onde foi registrado o boletim de ocorrência do atleta por roubar um carro e tentar roubar uma moto, ele foi encaminhado para o 91º DP porque o local é uma delegacia de trânsito. De lá, ele seria encaminhado para o local “mais indicado”.

De acordo com a SSP, por volta das 7h, quando os policiais da delegacia foram fazer a revista nas celas dos presos, encontraram o lutador caído em um canto. Eles entraram e verificaram que ele estava morto. Por volta das 10h, peritos do IML já estavam no local para fazer os exames necessários e encaminhar o corpo para o instituto.

Prisão

De acordo com policiais que atenderam o caso, Gracie foi preso por volta das 13h30 portando uma faca de cozinha. A PM informou que a seqüência de problemas envolvendo o lutador começou com a tentativa de roubar um Toyota Corolla, no Itaim Bibi, logo após ele ter saído de casa. Na fuga, ele bateu com o lado direito do pára-choque contra um banco de concreto na Avenida Henrique Chama. Logo em seguida, tentou roubar uma Fiorino branca e uma moto, quando foi detido no cruzamento da Henrique Chama com a Avenida Juscelino Kubitschek.

O motoboy Adriano da Silva Souza, de 29 anos, disse que o lutador o abordou e disse "desce da moto senão eu te mato". Souza contou que desceu da moto e entregou o veículo ao atleta, mas enquanto o lutador tentava ligar o veículo, outros motoboys se aproximaram e ajudaram Souza.

O motoboy disse que deu um golpe com o capacete na cabeça do lutador, que caiu no chão. Outros motoboys se aproximaram, imobilizaram Gracie e conseguiram pegar a faca que estava com ele. Pouco tempo depois, a polícia chegou e prendeu o suspeito.

Campeão

O lutador Ryan Gracie nasceu no Rio de Janeiro em 14 de agosto de 1974. De uma família de lutadores, Gracie ganhou cinco Prides, a Copa Company McDonald’s de Judô, o Panamericano de Jiu-Jitsu em 1997, peso pesadíssimo, o Campeonato Brasileiro de 1997 e o Campeonato Sem Quimono. Ele era professor e proprietário de uma academia na Rua Gomes Carvalho 260, na Vila Olímpia, Zona Sul da capital. Fonte: G1.globo.com

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails